Capacitação e Comprometimento
9 de agosto de 2019
MERCADO DE FESTAS E EVENTOS CRESCE 14% AO ANO E TEM BOAS PROJEÇÕES PARA 2019
22 de agosto de 2019
Mostrar todos

O PODER DA ESTÉTICA E DA ÉTICA NO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL

Por Adriane Zagari –  Presidente da HZ Eventos

Nesse artigo eu gostaria de destacar o papel da “estética e ética” no mundo atual.

Quando entendemos que esse conceito, pode e deve ser aplicado em empresas e no desenvolvimento de pessoas, será possível a evolução em negociações e resultado em vendas.

A HZ Eventos aplicou recentemente um curso chamado “A estética e a ética no desenvolvimento do papel profissional (Autora: Mara Sampaio e Natália Giro)” em mais de 400 promotores.

Foi um trabalho de valorização da profissão e o desenvolvimento de uma atitude positiva e empreendedora. Hoje em dia, um profissional precisa ir além da excelência, deve criar o seu diferencial.

O foco deste trabalho está em dois pilares, um é o senso de estética: que traz o conceito de beleza para relação profissional como fundamental para que a experiência proporcione valor e satisfação tanto para o cliente como para a sociedade, isto é o Belo hoje em dia.

O segundo é a ética, trabalhada como fator estruturante da prestação de serviço e da atuação com diferentes stakeholders. O objetivo principal foi fortalecer a profissão de modelo e promover oportunidades, onde esse jovem visualize perspectivas empreendedoras para uma carreira profissional, com atitude responsável e inovadora.

Mas, esse conceito vai além do treinamento das promotoras e modelos para eventos. Hoje encontramos um novo cenário. Sabemos que a beleza é um conjunto de atributos que variam da estética ao comportamento.

Sabemos que a beleza está nos olhos de quem vê, então, procuramos unir os atributos positivos quando falamos de venda e representação de um produto ou marca.

É necessário cuidados específicos na apresentação de produtos e serviços como agir, ter boa postura, falar naturalmente, ser discreto, estabelecer um compromisso com o cliente, e ser competente no que se propõe.

 

Isso tudo faz parte do conceito da estética. A isso unimos os conceitos de estar bem alinhado, ser simpático e agradável.

A ética classifica os conceitos de saber viver em grupo, não prejudicar os outros, empatia, saber se colocar no lugar do outro e tratar o outro como gostaria de ser tratado.

Agora, quando unimos os dois conceitos, lembramos de alguns passos importantes na hora da venda ou apresentação do produto:

Conhecer: É fundamental conhecer as qualidades e benefícios do produto.

Motivar: Construir o interesse do cliente pelo produto.

Encantar: Construir o desejo pelo produto demonstrando as vantagens e características

Agir: Encorajar a compra do produto.

Estabelecendo confiança, comprometimento e responsabilidade, unimos o conceito de ética e estética. Isso é exatamente o que as pesquisas apontam como desejo do consumidor.

Uma equipe de venda e promoção treinada a unir suas características estéticas ao padrão de ética se identifica com o consumidor e gera melhores resultados, promovendo uma identificação real e duradoura com suas marcas e seu público.

A satisfação e a excelência passam por essa transformação na forma de ser, sentir e agir. Conhecimento, capacitação e resultado caminham em igualdade.

Lembramos que o bem e a beleza andam juntos no papel profissional. Transformando vidas, atitudes e estabelecendo propósito.